É chegada a hora de voltar a cuidar da gente.

A maternidade foi pra mim um mergulho de cabeça no desconhecido, eu me entreguei ao Luca 100% do meu tempo, essa foi uma opção minha e não me arrependo, todos nós ganhamos muito com isso, ja disse aqui e repito “A maternidade é a maior experiência de autoconhecimento que eu já vivi, é o espelho da minha alma.” 

Hoje meu filho está com 2 anos, obviamente ainda precisa muito de mim, mas essa necessidade está se tornando cada vez menor, e isso é bom. Me enche de orgulho vê-lo tornando-se cada dia mais independente e não tenho dúvida que todo o meu tempo e dedicação a ele empregado até hoje foi essencial para que aquele bebezinho tão pitiquinho e totalmente dependente dos meus cuidados tornar-se esse menininho alegre e seguro que ele é hoje.

Mas chega uma hora que a gente sente que é a hora de voltar a olhar para nós mesmas, colocar em prática planos que foram pausados pela maternidade, voltar a se arrumar mais, olhar para nós não voltar mais do shopping SÓ com a sacola cheia de coisas para o filho e esquecer da gente. Se cuidar, se arrumar mais.

E isso é uma coisa que a gente sente a hora certa. Se por acaso alguém vier dar esse tipo de pitaco disfarçado de conselho é algo que ofende, machuca e nos chateia, porque cada mãe tem o seu tempo, você com certeza conhece mães que quando o seu bebê completou o primeiro mês ela já estava em forma, maquiada e em cima de um salto. Como também deve conhecer mães  que com um filho de 2 anos que ainda mantenha todo o peso que ganhou na gravidez (mais um extras que encontrou no meio do caminho) e nunca mais soube o que é um salto, bom se você não conhecia muito prazer meu nome é Cintia.

Esse foi o tempo que eu precisei, há alguns meses eu já estou cuidando um pouco mais de mim, estou aprendendo a me maquiar, aprendendo a disfarçar melhor com as manchas no rosto que ganhei na gravidez (melasma), e agora decidi que vou perder esse peso que não é meu, mas que insiste em me acompanhar. Se você também está nessa fase te convido a me acompanhar. Vou trazer dicas e compartilhar com vocês um pouco dessa minha nova fase com dicas de maquiagem, moda, receitas saudáveis e do programa de exercicios que eu comecei a fazer, são só 14 minutos e eu faço de casa mesmo com o Luca correndo pelo meio. Se você ainda está na fase, se ta ai grudadinha no seu pequeno, viva o seu tempo, não aceite imposição de ninguém, a gente só é completa quando vivemos conforme os nossos próprios desejos e anseios. E não esse blog não vai deixar de ser um espaço onde postos textos reflexivos e de opinião sobre maternidade, ele só será acrescido com mais algumas “cositas” que também fazem parte da vida de uma mãe.

Vou postar aqui no blog, na página do Facebook, mas acaba que eu consigo dividir mais lá pelos stories do Instagram @maedehoje , se você ainda me segue por lá será um prazer te um outro canal de contato com você.

Esse é o link do programa de exercicio que eu citei, estou começando meus desafios de 60 dias hoje, e ai, mais alguém vem comigo?

http://mamaesarada.com/maedehoje

Costumo dizer que nós mães, esposas, donas de casa somos as maestrinas da nossa familia e todo mundo vai dançar a música que a gente reger. Um maestro feliz, bem disposto e de bem consigo mesmo certamente regerá uma orquestra muito mais agradável.

O resultado de uma mãe feliz reflete na familia toda.

 

Mãe de Hoje por Cintia Marques